Orquestra Ouro Preto faz concerto com Alceu Valença em Paracatu

 Orquestra Ouro Preto faz concerto com Alceu Valença em Paracatu

O show trouxe para os 223 anos de Paracatu o reencontro da musicalidade mineira com a poesia e a arte pernambucana

 

Dentre as comemorações em homenagem aos 223 anos de Paracatu, ontem (20), aconteceu à apresentação do show Valencianas, uma parceria entre o cantor e compositor pernambucano Alceu Valença e a Orquestra Ouro Preto.

Uma grande estrutura foi montada para receber os espectadores. O concerto foi gratuito e contou com patrocínio Kinross Paracatu, realizado no Jóquei Clube, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança sanitária, uma organização impecável.

A apresentação foi um show, e a lua fez parte da noite, abrilhantando ainda mais  o espetáculo.

No final da apresentação Alceu Valença fez um pedido ao público, “a pandemia ainda não acabou, usem máscara e vacinem-se eu já tomei a 3ª dose, logo todos nós ficaremos bem”.

Com regência do Maestro Rodrigo Toffolo e Alceu Valença como solista nos vocais, “Valencianas” apresenta um recorte na biografia musical do artista. As canções dele foram adaptadas para a música de concerto, sem descaracterizar a essência de sua obra e seu compromisso permanente com a cultura popular nordestina. No concerto, estão versões orquestrais de canções como Anunciação, Tropicana, Girassol, Coração Bobo, La Belle Du Jour, Sete Desejos, , Porto da Saudade, Acende a Luz, Sino de Ouro e Ladeiras.

 Histórico

Valencianas, a primeira edição do espetáculo, foi concebida em 2010, para celebrar os 40 anos de carreira de Alceu Valença, fruto do encontro com Paulo Rogério Lage, que há tempos planejava proporcionar contornos orquestrais à sua obra, juntamente com o maestro da Orquestra Ouro Preto e o homenageado.

Até então, o trabalho do cantor e compositor pernambucano, não havia recebido tal tratamento, o que representou uma experiência inédita na carreira de Alceu. O sucesso da parceria foi absoluto, levando mais de cem mil pessoas a teatros e praças no Brasil e em Portugal.

Com a gravação do CD e DVD Valencianas: Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto, em 2014, o trabalho, elogiado pela crítica e festejado pelo público, ganhou o Prêmio da Música Brasileira, em 2015, como melhor disco de MPB, categoria de maior prestígio da tradicional premiação. Já nas mídias sociais e em aplicativos de streaming, o sucesso da parceria alcançou números inimagináveis, tanto para artistas da MPB, quanto para Orquestras, registrando, por exemplo, mais de 30 milhões de visualizações e listenings no YouTube e Spotify, respectivamente.

 

 

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados