Nova linha de crédito favorece empreendedores de pequenos negócios

 Nova linha de crédito favorece empreendedores de pequenos negócios

Convênio entre Sebrae e Caixa disponibiliza recursos do Fampe como aval para obtenção de crédito, que pode ser usado no capital de giro da empresa

Uma das maiores dificuldades dos empreendedores é ter acesso a crédito para enfrentar os problemas causados pela pandemia do novo coronavírus. Desde o começo da crise, 60% dos donos de pequenos negócios tiveram o pedido de crédito negado pelos bancos. A principal barreira são as garantias solicitadas pelas instituições financeiras para concessão do empréstimo.

Em busca de soluções para esse obstáculo, o Sebrae e a Caixa assinaram, no início deste mês, um acordo para facilitar o acesso dos empreendedores a financiamento de capital de giro. Trata-se de uma linha especial de R$ 12 bilhões disponibilizada pelo banco e garantida pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que atende às exigências das instituições financeiras para conceder operações de crédito. Em apenas 12 dias de funcionamento, o convênio já realizou 1.746 operações e concedeu R$ 152,4 milhões em crédito.

A nova linha, com tarifas mais baixas, maior prazo e melhor período de carência, está disponível para empreendimentos dos setores de indústria (inclusive agroindustriais), comércio e serviços. Para isso, o Microempreendedor Individual (MEI), as microempresas e as empresas de pequeno porte devem ter pelo menos 12 meses ininterruptos de faturamento e não ter o CPF do proprietário ou do sócio, nem o CNPJ, inscrito em instituições de proteção ao crédito, como Serasa e SPC.

De acordo com o analista do Sebrae Minas Márcio Souto, as maiores dificuldades que os empresários estão enfrentando para conseguir acessar o crédito são a falta de organização financeira do negócio, desconhecimento dos critérios de concessão de crédito e a incapacidade de pagamento por já estarem comprometidos com outros financiamentos.

Muitos empresários não possuem dados corretos e confiáveis do faturamento mensal da empresa. Eles precisam ser organizados, pois muitas vezes não conseguem ter os dados dos seus faturamentos atualizados e disponíveis em mãos. Por isso, é importante que o empreendedor busque auxilio do seu contador, para ajudá-lo na organização desses dados e para a construção de uma proposta, alerta Souto.

Para mais informações, o Sebrae preparou um infográfico com o passo a passo que o empresário deve seguir para conseguir acessar a linha de crédito: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/Jornada%20do%20Cre%CC%81dito%20-%20CAIXA%20E%20SEBRAE_Atualizada%20em%2013-05-2020.pdf

O Sebrae Minas também disponibiliza diversos canais de atendimento com consultorias online e atendimento presencial. Informações pelos telefones 0800 570 0800 e (31) 9 9822-8208 (WhatsApp).

Canais digitais:

Site: www.sebrae.com.br/minasgerais

Facebook: https://www.facebook.com/sebraemg/

Instagram: https://www.instagram.com/sebrae.minas

Twitter: https://twitter.com/sebraeminas

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/sebraeminas

Youtube: https://www.youtube.com/sebraeminas

Henrique Ulhoa

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados