Aumento de casos de covid após flexibilização preocupa

 Aumento de casos de covid após flexibilização preocupa

Parlamentares também abordaram a votação do veto a PL sobre reajuste para servidores da segurança pública.

Parlamentares manifestaram preocupação com o aumento de casos de covid-19 confirmados e de mortes em Minas Gerais com a flexibilização do isolamento social. Pronunciamentos sobre essa tema foram feitos em Reunião Especial de Plenário, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), nesta terça-feira (16/6/20).

O deputado André Quintão (PT) chamou a atenção para a interiorização da pandemia e o aumento da taxa de ocupação de leitos, que já estaria em situação alarmante em 12 das 14 macrorregiões de saúde do Estado. Ele pediu cuidado com a flexibilização e reforço das políticas sociais e econômicas para mitigar os efeitos do isolamento.

A deputada Beatriz Cerqueira (PT) pediu cautela. E citou caso de diretora de escola que testou positivo para coronavírus depois de entregar pessoalmente apostilas a alunos para o programa de retomada das aulas. A parlamentar avalia que a Secretaria de Estado de Educação deve orientar a comunidade escolar sobre os procedimentos a tomar após o contato com a diretora.

A deputada Andréia de Jesus (Psol) criticou o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro e do governador Romeu Zema sobre a flexibilização. “É impossível retomar as atividades com tanta contaminação”, declarou. As deputadas Marília Campos (PT) e Ana Paula Siqueira (Rede) também demonstraram receio com o aumento do número de casos em Minas.

Vetos – A votação de vetos do governador ao projeto de lei que trata do reajuste salarial da segurança pública foi abordada por Sargento Rodrigues (PTB). Ele fez apelo aos líderes dos quatro blocos que atuam na ALMG para que orientem seus liderados a derrubarem o veto, mantendo o reajuste. O parlamentar lembrou que a recomposição salarial foi negociada por um ano com o governo, que concordou com a medida, mas Romeu Zema acabou por vetar a maior parte do reajuste.

Leia a matéria na íntegra.

Leia mais notícias no Portal da Assembleia.

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados