Prefeitura envia equipe técnica para avaliar queda de estátua do Cristo

 Prefeitura envia equipe técnica para avaliar queda de estátua do Cristo

 

 

 

Edificação da estátua apresenta não conformidades com o projeto licitado

Na noite de segunda-feira (1), a estrutura da estátua do Cristo, em fase de construção, desabou. A estátua, que irá compor a praça do Cristo, no bairro Santo Eduardo, apresenta fissuras no tronco, braços e pescoço.

Uma equipe técnica da prefeitura de Paracatu esteve no local para avaliar a situação e tomar as providências cabíveis. A primeira providência foi acionar uma perícia da Polícia Civil. As medidas serão tomadas a partir do laudo apresentado.

O projeto foi concebido e licitado pela administração anterior, em 2020. Ao assumir a gestão do município, a equipe do prefeito Igor Pereira dos Santos passou a acompanhar a construção com rigor técnico. Para isto, montou uma equipe com gestor de cultura, engenheiro civil e arquiteto.

As primeiras visitas à obra foram feitas nos dias 6 e 8 de janeiro. Na ocasião, foram notadas algumas desconformidades com o projeto licitado. Algumas observações e descontentamentos, por parte do município, foram apresentadas com o objetivo de adequar o projeto.

Antes mesmo do ocorrido, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo notou problemas na estrutura e concepção da imagem, que deveria seguir o estilo art decó, como o Cristo Redentor do Rio de Janeiro.

Diante disto, foi enviada uma notificação, em 23 de janeiro de 2021, à empresa MCR Minas Construções E Serviços Eireli – ME, por descumprimento de obrigações contratuais.

No dia 1° de fevereiro, a construtora respondeu pedindo um prazo maior para esclarecimento das questões expostas na notificação. E afirmou que qualquer detalhe na execução da obra que não esteja adequada ao projeto será avaliado e alterado para atender com perfeição o estipulado contratualmente.

A administração municipal irá empenhar-se para que o contrato seja cumprido e o projeto seja entregue à população de Paracatu. Segundo o prefeito Igor Santos não faltarão ações enérgicas para resolver o problema.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

 

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados