DOIS VERBOS

 DOIS VERBOS

Fim de semana, sem missa presencial para ir, enquanto bebo um café bem temperado revejo um clássico antigo onde dois bons times da série A se revezam à frente do placar, num bonito 4 X 5 gols.   Curioso que observando os protagonistas pude ver dentre os jogadores alguns cuja fama atravessou inúmeras fronteiras, somaram milhões em ganhos, ostentavam, usavam sem economizar regalias de todas as formas, eram tratados como celebridades por onde quer que passassem.   Ao saber da situação atual desses “astros do futebol”, minha meia dúzia de neurônios não me dão sossego, acabo por iniciar certa reflexão abordando no tempo o ANTES, DURANTE e DEPOIS deles.   Para melhor entendimento analisemos as questões do TER e SER, no auge, muitos desses atletas usaram e abusaram do direito de TER, nem o céu lhes servia de limite, tudo que desejavam TINHAM, ou, criavam meios para que TIVESSEM em mãos os objetos e coisas de acordo com suas vontades.   Poucos desses “super homens” olharam para o horizonte visando o que viria no futuro, trocando em miúdos, sequer preocuparam com a estabilidade que poderia vir do SER.   O que se pode concluir da análise do fato acima, é que cerca de 90% dos atletas acima optaram vida a fora por TER, e hoje, esquecidos, pouco ou nada TÊM e praticamente nada SÃO.   Para que melhor entendam, dois dos jogadores do clássico que mencionei acima estão hoje presos, literalmente ENCARCERADOS.   Triste.   Enquanto rabisco o descrito acima, lembrei-me de caso verídico e recente.    Um colega meu algum tempo atrás redigiu e/ou enviou interessante mensagem envolvendo os VERBOS TER e SER, eis o que ele disse enquanto comentava sobre a prisão em CELA COMUM (não tinha curso superior) de um homem que ostentava o título de “um dos mais ricos do Brasil”:   Nunca imaginei na minha vida passar uma noite melhor que o milionário ????? B., o infeliz dormiu a primeira noite na cadeia, fez o (numero dois) agachado pois seu banheiro não tinha vaso sanitário. Feito e dito isto, não há dúvida, o SER (mesmo na condição de Davi) uma vez mais, venceu de goleada o TER (Golias).   No mínimo um alento a favor dos simples e humildes.   É bíblico vejam: (Mateus 23:12à Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado).

Miguilim no domingo – Deus lhes abençoe e proteja!

 

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados