Dia do Queijo Artesanal Mineiro é comemorado neste sábado (16/5)

 Dia do Queijo Artesanal Mineiro é comemorado neste sábado (16/5)
foto da internet para ilustração

Apesar da data comemorativa, produtores registram queda de até 80% nas vendas

Neste sábado (16/5) é celebrado o Dia do Queijo Artesanal Mineiro. A homenagem surgiu após os queijos produzidos em Minas Gerais ganharem destaque no Salão Internacional do Queijo da cidade de Tours, na França, em 2017. Porém, ao longo dos anos, a data se consolidou, e hoje se tornou uma maneira de referenciar a qualidade e o sabor dos queijos produzidos artesanalmente de norte a sul do estado.

Apesar da data comemorativa, os produtores mineiros de queijo artesanal também têm sentido os impactos negativos do coronavírus (Covid-19). De acordo com um levantamento feito pelo Sebrae Minas junto à Associação Mineira do Queijo Artesanal (Amiqueijo), na primeira semana de abril, o produto sofreu uma queda de 60% a 80% no volume de vendas, principalmente os queijos maturados, em que foi percebido uma redução maior do consumo. Outros problemas ocasionados pela pandemia foram a redução da oferta em logística, aumento dos custos com o transporte, além da diminuição do fluxo turístico que acabaram contribuindo com o resultado negativo.

Assim como os demais setores da economia, os produtores de queijo artesanal tiveram que se adaptar ao período de isolamento social. De acordo com o estudo, houve um aumento das vendas diretas para o consumidor. “Isso porque, com o comércio fechado, muitos produtores optaram por comercializar seus produtos no ambiente online e ainda com entrega em domicílio”, explica o analista do Sebrae Minas Ricardo Boscaro.

Por outro lado, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas, os produtores têm se preocupado cada vez mais em adotar medidas preventivas de segurança e higiene. Entre elas são destacados: o uso de máscaras, luvas, toucas, treinamento em boas práticas para a manipulação de alimentos, constante higienização nas queijarias, interrupção de visitas de turistas aos estabelecimentos de produção, e ainda, o isolamento dos colaboradores que lidam diretamente com a produção dos queijos.

Há anos, o Sebrae Minas tem trabalhado para garantir a qualidade, identidade e origem do queijo artesanal mineiro. São projetos e ações que fortalecem as regiões produtoras, com a finalidade de alcançar maior competitividade para o setor mesmo em tempos de coronavírus.

“Nosso objetivo é consolidar a identidade do produto mineiro no mercado, agregando valor e gerando mais oportunidades para os pequenos produtores”, afirma Boscaro.

Apesar dos desafios enfrentados no atual cenário econômico, o Sebrae Minas aproveita a data (16 de maio) para homenagear os pequenos produtores mineiros, que se empenham a cada dia, mesmo diante de todas as dificuldades, em levar a qualidade e a tradição do queijo artesanal produzido em Minas Gerais para a mesa de milhares de famílias.

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados