MIGUEL SCHMITZ, UM CIDADÃO EXEMPLAR

 MIGUEL SCHMITZ, UM CIDADÃO EXEMPLAR

Ivar Hartmann

Como os jornais do Grupo Sinos trabalham pelas comunidades da região, há muitos anos tive a ideia de usar seus jornais como meio de levar as crianças o habito da leitura, com a inserção de fascículos coloridos, com textos de autores famosos e o apoio dos professores das universidades locais. Tudo sem fins lucrativos. Levei o assunto ao Mario Gusmão, Presidente do Grupo. Na hora ele disse que apoiaria. Que participariam e que ele tinha o homem para a gestão: o diretor Miguel Schmitz. Uma ideia é como um filho: pai é quem cria, alimenta e educa, não quem engendra. Assim ocorreu. Miguel era e é amigo ou conhecidos de todas as autoridades da região. Nas visitas necessárias as direções da FACCAT, FEEVALE e UNISINOS, prefeituras, prefeitos e secretários municipais de educação, passei a conhece-lo. E admirá-lo. Pela simpatia que despertava em seus interlocutores. Pelo entusiasmo como vendia a proposta como se sua fora.

Nunca o vi triste ou pessimista. Nunca o ouvi dizer uma palavra de rancor contra alguém. Nunca desapreço por algum partido político. Solicito, simpático, com tempo para tudo. Em suma, o Projeto Ler é Saber, hoje, Projeto Ler, que, a tantos anos, tantos benefícios presta as crianças e ao ensino com o apoio dedicado de professores engajados, tem um pai que agora se aposenta do Grupo Sinos. Lá atrás, em 1973, ele tinha sido prefeito de Novo Hamburgo e construiu a Estrada da Integração que liga a margem direita do rio dos Sinos ao distrito de Lomba Grande na margem esquerda. E que não virou município também, graças a esta estrada. Dois terços da área municipal. Onde se concentra a zona agrícola, turística, matas e montanhas. Miguel Schmitz é também como o pai do distrito. 

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados