Formalização de MEI aumenta 19% em Minas Gerais durante a pandemia

 Formalização de MEI aumenta 19% em Minas Gerais durante a pandemia

Semana do MEI oferece atividades gratuitas para apoiar empreendedores na gestão e sustentabilidade dos negócios

O número de formalizações de microempreendedores individuais (MEI) aumentou 19% em Minas Gerais durante a pandemia (março/20 a março/21), totalizando 204.748 novos registros. Para oferecer capacitação e orientação empresarial para os microempreendedores, ampliando a sustentabilidade dos seus negócios,  o Sebrae realiza, de 10 a 14 de maio, a Semana do MEI.  Informações: 0800 570 0800 ou WhatsApp (31) 3314-2808.

 

Por conta da pandemia, pelo segundo ano o evento nacional terá edição on-line. A programação é gratuita e oferece palestras, oficinas e seminários para melhorar os negócios, além de orientação empresarial sobre gestão, inovação e finanças, obrigações e benefícios da formalização. Informações e inscrição: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/semanadomei2021

Desde que a figura jurídica do MEI foi instituída, há 12 anos, o MEI é a categoria empresarial que mais cresce no Brasil.  Minas Gerais reúne cerca de 1,2 milhão de MEI, o que representa 11% do total de microempreendedores do país e 62% do contingente de pequenos negócios do estado.

Um fator determinante para muitos empresários na abertura de uma empresa como MEI é a opção de contratar um funcionário e ainda assim manter o porte. “Por conta da pandemia, muitos empresários preferiram migrar de ME ou EPP para MEI ou se formalizar como microempreendedor para acompanhar o comportamento do mercado e poder decidir melhor o futuro do negócio”, avalia Afonso Maria Rocha, superintendente do Sebrae Minas.

Comentários

O Lábaro

Posts Relacionados